O que faz um padeiro artesanal no seu dia a dia na padaria, você sabe? E o padeiro industrial o que ele faz? Quais são as suas diferenças e o que possuem em comum?

 

“Nenhum trabalho de qualidade pode ser feito sem concentração e auto-sacrifício, esforço e dúvida.” – Max Beerbohm

 

profissão padeiro

O padeiro

Sabemos que o padeiro é uma das profissões mais importante do mundo, além de extensão territorial, ela também faz parte da nossa história, atravessando séculos e se renovando dia após dia.

 

Mais como tudo o que sabemos o aperfeiçoamento leva a caracteriza em 2 aspecto a profissão em padeiro artesanal ou padeiro industrial.

padeiro artesanal

O Padeiro Artesanal

 

A habilidade de um padeiro Artesanal esta mais ligada em proporciona novos paladares na produção do pão, ela requer um grau de conhecimento que faz o padeiro criar novos tipos de pães sempre focado na qualidade.

 

A qualidade esta que é muito apreciada, pois além dos benefícios a saúde, também o gosto e o aroma pode envolver até os corações mais duros, rsrsrs…  é muito talento!

 

Em contrapartida o pão não pode ser feito em larga escala, ou seja, sua produção é limita, já que as regras esta na qualidade e nos novos tipos de sabores.

 

Outro ponto é que algumas questões requer mais tempo para o preparo, sendo que alguns tipos de pães deve ser produzido mais que um ou dois ou três dias, então o tempo é aliado da qualidade mais não da produtividade.

 

E devemos claro levar em conta, que o pão artesanal esta se iniciando no Brasil e por isso devemos além de vender o pão inspirar através da história de cultura a apreciação do pão artesanal.

padeiro industrial

O Padeiro Industrial

 

A habilidade do padeiro Industrial esta mais focada na escala e no volume de produção, como é conhecido tradicionalmente o pão francês que esta presente na mesas dos brasileiros.

 

A população brasileira já tem no hábito do café da manhã sempre comer um pãozinho e você já pode imaginar a escala de produção e a necessidade de maquinário para isso.

 

Por isso o padeiro precisa entender e compreender muito bem sobre os maquinários usado na produção do pão, dominar muito bem as boas práticas da produção para realizar esta função.

 

Por isso no Brasil os pães congelados tem cada vez mais ganhado espaço no mercado, justamente pela praticidade e pelo volume de produção, que facilita mais ainda no processo.

 

Apesar da bela estética e qualidade visual a química usada na produção não é tão saudável o que faz muitos brasileiros buscarem novas alternativas.

 

Outro ponto é o alto investimento com maquinário, que realmente não é nada amigável.

 

Apesar de facilitar na produção a qualidade da matéria prima até o resultado final sempre deve ser supervisionado pelo padeiro que lógico precisa ter um bom conhecimento.

 

tipos de pães

O que é importante na profissão da Padeiro

Higiene

Requisito numero 1 do padeiro, você esta lidando com alimentos e alimento possui um grau de risco gigante e sua responsabilidade com a saúde das pessoas é fundamental.

 Podemos tomar prova nessa pandemia do COVID-19 que alertou o mundo inteiro sobre a responsabilidade com a higiene para não contaminar outras pessoas.

 

Vestimentas adequadas, utensílios corretos e maquinários higienizados como as boas práticas da panificação o faz trabalhar em conformidade com a vigilância sanitária.

 

Matéria prima e conservação dos alimentos

O profissional deve ter conhecimento necessário para comprar a matéria prima correta e saber conservar os alimentos em lugares correto para temperaturas ideias preservando sempre a higiene.

 

Observando sempre as boas práticas.

 

Conhecer bem o uso da massa

 

A fermentação e o uso dos ingredientes é um conhecimento que o padeiro deve possui domínio para produção do pão.

 

Estudar e Atualizar

 Mesmo os padeiros industrial é muito importante sempre estar antenado as inovações e tendência apresentada no mercado. Os padeiros artesanal nem preciso falar, buscar sempre inovar para encantar o cliente.

Gosto da panificação como posso me torna um padeiro

 

Apesar de no Brasil muitos padeiros se quer ter especializado na panificação, se você quer ser um profissional de excelência e impacta pessoas existem cursos de capacitação como:

Mundo Senai
Ginead Padeiro Online
Levain Shimura
Sistema Fiep

Os Riscos da profissão

 

Meus nobres amigos, a profissão do padeiro é muito bem carimbada em respeito de dar nome ao artista. Digo isso porque não tem como passar abatido a marca do padeiro esta intimamente ligada a todo processo realizado na produção do pão.

 

E vejo nesse processo muitos profissionais improvisando ferramentas de corte do pão, com lâmina de barbear com palitinho.

 

Além dos profissionais muitas vezes se machucarem com a lâmina o risco delas soltarem é muito grande. Já cansamos de ver inúmeras padarias sendo processada por ter lâminas dentro do pão.

 

Eu entendo que pode ser um descuido do padeiro, mais cai entre nós, você já pensou em trabalhar de madrugada, não é para qualquer um e as pessoas tem suas limitações.

 

Por isso o uso de utensílios correto pode ser evitado todo um constrangimento e comprometimento com a imagem do profissional.

O Riscapão

 

Utensílios como o Riscapão já mudou a vida de muitos padeiros, porque ela zela pela higiene, qualidade e segurança, sem contato com a lâmina o profissional facilmente realiza cortes no pão.

 

Não adianta um profissional renomado usando ferramentas imprópria é como aquela história de descochar o parafuso com faca pontuda, vai fazer, claro que vai. 

 

Mais pode acreditar, o trabalho e o desgaste para realizar o trabalho vai comprometer muito a eficiência e qualidade do profissional.

 

Se você ainda não usou eu recomendo fortemente, segue a linha dos Chef Padeiros e profissionais renomados do mercado que fazem com segurança a sua produção.

Twittar
Pin
Compartilhar